Mindfulness para insônia e problemas de sono


“Mindfulness (atenção plena) é estar completamente desperto em nossas vidas. Trata-se de perceber a requintada vivacidade de cada momento. ”- Sogyal Rinpoche

 

O mindfulness (atenção plena) melhora a saúde emocional e física, reduz o estresse e melhora o sono. Pode melhorar a qualidade de vida e otimizar o reparo tecidual durante o dia e a noite. A consciência leva à atenção plena, o que pode facilitar um caminho para um estado de equilíbrio; o lugar onde a calma e o relaxamento estão em equilíbrio com o sono, a vida ativa e a aptidão física ideal. As atividades de atenção plena diurna podem melhorar a saúde geral e contribuir para um descanso saudável e profundo. Quando se gasta menos tempo se preocupando e o foco é redirecionado do passado ou do futuro para o presente, um caminho é aberto para melhorar a saúde e o sono.

 

A meditação da atenção plena (mindfulness meditation) pode ser definida como focalizando a consciência em cada momento, incluindo o ambiente, bem como as sensações físicas e emocionais. A atenção plena (mindfulness) pode ajudar no gerenciamento de relacionamentos sociais, preocupações econômicas e tomada de decisões, além de melhorar o estado mental.

 

 

“A atenção plena (mindfulness) é a aceitação consciente e equilibrada da experiência atual. Não é mais complicado que isso. É abrir ou receber o momento presente, agradável ou desagradável, exatamente como é, sem se apegar a ele ou rejeitá-lo. ”- Sylvia Boorstein

 

A meditação da atenção plena (mindfulness) geralmente usa ambas a respiração lenta ou intencional, ou imagens para ajudar a concentrar os pensamentos. Em estudos clínicos, praticar a atenção plena e / ou a meditação da atenção plena antes de dormir levou a benefícios, incluindo:

  • Redução da insônia
  • Um sono mais profundo
  • Menos episódios de despertar durante a noite
  • Melhor humor e resiliência
  • Maior energia diurna
  • Menos ansiedade

 

 

COMO COMEÇAR E PRATICAR:

  • Selecione um lugar tranquilo onde você pode relaxar. Sente-se, levante-se ou deite-se confortavelmente.
  • Preste atenção ao ambiente, ouvindo os sons, aos aromas do que está ao seu redor e sentindo a temperatura da sala.
  • Concentre-se no seu eu interior. Respire fundo várias vezes, prestando atenção em como seu corpo se sente ao respirar. Permita seus olhos se fecharem assim que você ficar mais relaxado.
  • Examine seu corpo e avalie como se sente. Concentre sua consciência nas partes do corpo que estão tensas ou com dor. Respire fundo e reconheça o sentimento, sem julgá-lo.
  • Se desejar, você pode imaginar seu corpo ficando mais pesado, mais ancorado na terra.
  • Se desejar, você pode visualizar um local que o faz particularmente feliz. Pode ser um cenário natural, um local de férias que você lembra com carinho ou um lugar onde algo de bom aconteceu em sua vida.
  • Deixe os pensamentos fluírem. Se você tiver pensamentos ansiosos ou preocupados, deixe que cada ocorrência seja uma oportunidade de observar o pensamento e deixá-lo ir. Em vez de combater os pensamentos, os deixe fluírem ao seu redor até se dissolverem. Volte a prestar atenção na respiração.
  • Se estiver preocupado em perder a noção do tempo, ative um cronômetro ou alarme.
  • Pratique meditação da atenção plena antes de se arrumar para dormir. Talvez medite antes de escovar os dentes ou depois de desligar o telefone ou o computador ou deitar na cama, pronto para adormecer. Faça da meditação da atenção plena parte de sua rotina.

 

“Os sentimentos vêm e vão como nuvens em um céu ventoso. A respiração consciente é minha âncora. ”- Hanh Nhat


 

Quer mais dicas para meditação? Clique aqui nesse link

 

Comentários

comentarios