18 dicas simples para combater o estresse.


estresse-como-combater

O estresse é inevitável, porém, ele pode ser controlado. Você pode parar o ciclo de estresse crônico! Melhorar essa capacidade pode reforçar suas reservas de energia, melhorar a sua saúde e criar um ambiente para uma vida saudável.

“O tempo para relaxar é quando você não tem tempo para isso.” — Sydney J. Harris

Você não está sozinho – muitas pessoas reportam moderado a alto níveis de estresse diário, o que pode piorar e até mesmo causar problemas de saúde.

Dê alguns passos saudáveis a cada semana e observe como muda a sua capacidade de lidar e transformar o estresse. Técnicas comprovadas de gerenciamento de estresse:

thoughts

cienciadocerebro.files.wordpress.com

18 dicas para combater o estresse

  1. Sair para uma caminhada
  2. Passar tempo com família ou amigos
  3. Ouvir uma música ou dançar
  4. Olhe algo que ache realmente bonito (exemplo. arte ou natureza)
  5. Fazer & comer uma refeição saudável
  6. Tente yoga, tai chi, ou meditação
  7. Respire profundamente e foco centrado em si
  8. Adote um hobby ativo como hidroginástica, ciclismo ou jardinagem.
  9. Diário sobre coisas positivas para as quais é grato
  10. Escreva uma carta para alguém que goste
  11. Tenha consciência de como seu corpo se sente
  12. Receba uma massagem ou relaxe em uma sauna
  13. Ser criativo (ou seja, livros de colorir para adultos, aquarelas, crochet, escrever, desenhar, tocar instrument)
  14. Dormir até acordar naturalmente
  15. Faça em si uma massagem de mão ou pé
  16. Visualize um local que você ache relaxante como uma praia, um parque, uma sala de infância, etc
  17. Expresse gratidão para alguém
  18. Veja um filme ou leia um livro engraçados

Em estudos acadêmicos, ao praticar técnicas de relaxamento foram notadosbenefícios em pessoas com uma variedade de condições:

  • Ansiedade
  • Parto
  • Depressão
  • Doenças Cardíacas
  • Pressão Alta
  • Insônia
  • Náuseas induzidas por quimioterapia
  • Dores em crianças e adolescentes
  • Cessação do tabagismo
  • Disfunção de articulações temporomandibular

Comentários

comentarios